Siga-nos Acompanhe no Facebook Acompanhe no Twitter Acompanhe no Youtube Acompanhe meu Feed de Notícias Acompanhe no Google+ Acompanhe no Instagram
Artigos(blog) / Audiophile News

Uma viagem no tempo parte 1

Audiophile News 268 by Knirsch: história caixas acústicas inovadoras

Atualizado em 11/3/2016


Uma viagem no tempo parte 1
........................................................................................................................................................
imagem 1874 by Ernst Siemens

             © 2006-2016 Jorge Bruno Fritz Knirsch
                    Todos os direitos reservados
                   
http://www.byknirsch.com.br

Há um tempo atrás, estava consultando algumas revistas bastante antigas e me veio à lembrança produtos que existiram a partir dos anos cinqüenta e sessenta. Tenho a certeza de que as novas gerações nem se recordam, e também a maioria dos leitores do Audiophile News, com certeza, também não vão se lembrar das coisas que vou desenterrar neste artigo.
Vitaphone, 1874 by Ernst Siemens
Fundador da gigante empresa de elétrica e telecomunicações, foi ele que desenvolveu os princípios básicos do transdutor de bobina móvel e seu movimento mecânico. Siemens também patenteou os diafragmas acoplados àquelas enormes cornetas, utilizadas nos velhos fonógrafos. 

A captação sonora era realizada através da vibração da agulha, que excitava o diafragma e produzia som através das enormes cornetas. Isto, numa época em que a energia elétrica ainda não era utilizada!

Em 1898, o físico britânico Sir Oliver Lodge foi o primeiro a patentear o uso de uma bobina móvel acoplada a um diafragma, sendo ambos suspensos dentro de um potente campo magnético. E, em 1901, John Stroh desenvolveu o principio do cone de papel acoplado a uma bobina móvel.
               
Em 1908, Anton Pollack desenvolveu a bobina móvel centrada naquilo que chamamos de centragem, ou aranha, dando uma melhor estabilidade ao conjunto da bobina com o seu campo magnético. E, em 1915, Edwin S. Pridham e Peter L. Jensen construíram a primeira corneta acoplada a uma bobina móvel. Através dessa tecnologia, em 1917, fundaram a empresa Magnavox, responsável por inúmeros inventos na área da acústica.
               
Em 1926, após muitos anos buscando uma melhor qualidade sonora, Rice e Kellogg comercializaram, pela primeira vez, uma vitrola com alto falante interno. Esses alto falantes foram produzidos por uma companhia chamada RCA. Também em 1926, a Vitaphone Sound System idealizou, principalmente para o cinema, um novo alto falante, tipo corneta, que foi desenvolvido pela Bell Labs. O "Western Electric 555-W", como era chamado, possuía um diafragma acoplado a uma saída de uma polegada, com uma boca de saída de 3,6 metros quadrados, capaz de responder de 100Hz a 5KHz, com altíssima eficiência. Esta eficiência era necessária devido aos powers de baixa potência que existiam no mercado na época.
   Armature by 1882 by Thomas Watson             
(ao lado , Armature by 1882 by Thomas Watson)
Também em 1926, surgiu, em Londres, Inglaterra, a empresa Guy R. Fountain Limited/Tulsemere Manufacturing Company, logo depois chamada de Tannoy, onde as primeiras idéias dos alto falantes concêntricos foram desenvolvidas.
                 
Em 1929, E.W.Kellogg patenteou a idéia do alto falante eletrostático, distribuindo a dispersão sonora em várias pequenas seções, sendo capaz de irradiar som sem magnéticos, cones ou baffles. Essa patente britânica, de 1932, influenciou Peter Walker para que ele criasse as famosas Quad ESL flat speakers, em 1957.
                
Em 1930, Albert L. Thuras, da Bell Labs, desenvolveu a patente do princípio do sistema bass reflex, baseado na otimização da saída traseira do alto falante, a fim de melhorar a extensão das baixas freqüências, sistema esse amplamente utilizado em praticamente todas as caixas atualmente existentes no mercado.
                
No próximo artigo, continuarei descrevendo essa evolução, que muito interessa a nós, amantes da música e do áudio.
                            Ótimas audições e aquele abraço!

Texto: Flavio Adami
flavioadema@uol.com.br
 




Vídeos relacionados

Páginas relacionadas

  • Link



Últimas Publicações

Vídeos em Destaque


Newsletter

Receba nossos informativos
Enviando os dados ...
Erro de comunicação.
Dados enviados.


Enviar

Respeitamos a sua privacidade. Seu e-mail não será utilizado sem a sua devida autorização.
Caverna Rock Discos

Caverna Rock Discos
Rua dos Andradas, 375, Sala 12
Centro - São Paulo - SP - 01208-001
Cel.: (11) 9 8571 1216 - Tim/WhatsApp
Tel.: (11) 3338 1160
cavernarockdiscos@gmail.com



Meu Admin - Copyright © 2013-2018 - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade
Um produto da MKII Corporation (MK2)